SindicarioNET - Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região
CUT BRASIL Contraf FETEC

Em Defesa dos Bancos Públicos

Imprimir e-mail aumentar a fonte diminuir a fonte
Publicado em 1 de Novembro de 2017 às 14:00
Audiência em Juti destaca importância dos bancos públicos para região sul do Estado

 

Bancários, políticos, estudantes e demais trabalhadores de outras categorias participaram, na noite dessa terça-feira (31), da audiência pública que teve como objetivo discutir a atual situação dos bancos públicos brasileiros e toda a relevância que tais instituições representam para a sociedade. O evento foi uma realização dos Sindicatos dos Bancários de Campo Grande e Dourados, Assembleia Legislativa, Prefeitura e Câmara de Municipal de Juti. A audiência foi conduzida pelo palestrante Vagner Nascimento, participante da Comissão Executiva dos Funcionários do Banco do Brasil.

 

A cidade de Juti tem apenas um Posto de Atendimento do Banco do Brasil, que pode ser fechado, prejudicando bancários e clientes da região. “A audiência teve como foco destacar a importância dos bancos públicos, principalmente, quando é a única unidade bancária que atende a prefeitura, os comerciantes e a agricultura familiar, como é o caso do Posto de Atendimento em Juti. A cidade possui uma única agência e ainda funciona de maneira precária, com apenas um funcionário. A audiência busca dialogar com a direção do banco para, além de manter a agência, possa melhorar as condições de atendimento”, disse o presidente do SEEB-CG, Edvaldo Barros.

 

Segundo o secretário de assuntos jurídicos do sindicato e funcionário do BB, Orlando de Almeida Filho, a audiência reafirma o acerto político dos sindicatos em ter uma posição firme em defesa dos bancos públicos. “A audiência de Juti foi extremamente importante porque, além de chamar a atenção em defesa do Banco do Brasil naquela cidade e na região da grande Dourados, também cumpre um outro papel importante que é a sensibilização da sociedade. A gente ficou muito feliz porque a sociedade entendeu o recado apresentado pelo movimento sindical, para marcharmos juntos em defesa dos bancos públicos”, comentou Orlando.

 

Representando o SEEB-CG estavam presentes o presidente do sindicato, Edvaldo Barros, e os diretores José dos Santos Brito, Luciana Rodrigues, Moisés Graciliano Arguello e Orlando de Almeida Filho. Os diretores também fizeram a coleta de assinaturas para Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP), que revoga a nova lei trabalhista.

 

De acordo com o secretário de finanças do sindicato e funcionário da Caixa, Moisés Arguello, a população está mais ciente da importância dos bancos públicos para a comunidade, em se tratando de programas sociais, como Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, Fies. “As pessoas estão se conscientizando, pois nenhum outro banco privado vai fazer esse tipo de trabalho social. A agência local também fomenta o desenvolvimento local, se levarem a unidade para outra cidade, as pessoas terão que viajar para sacar dinheiro e acabarão investindo em cidades vizinhas, ao invés de usar no comércio local de Juti”, comentou Moisés, que ainda completou: “Além disso, segundo relatos dos moradores e da própria prefeita de Juti, o funcionário do BB da cidade está sobrecarregado. O banco possui um lucro bilionário, então não há motivo para fechar nem para não contratar, no mínimo, 2 ou 3 funcionários”.

 

  

 

Mobilização

O SEEB-CG está fazendo conferências com os bancários do interior do estado para destacar a importância da defesa dos bancos públicos.A próxima audiência pública será na cidade de Coxim no dia 06 de novembro. Na sequência, as cidades de Maracaju e Sidrolândia também receberam audiências públicas, ainda sem data definida.

 

Por: Assessoria de Comunicação do SEEB-CG

Galeria de Fotos

Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região de Mato Grosso do Sul - Rua Barão do Rio Branco, 2652 - Jardim dos Estados

Campo Grande-MS - Telefone: 67 3312-6100 / Fax: 67 3312-6116