SindicarioNET - Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região
CUT BRASIL Contraf FETEC

Caixa Econômica Federal

Imprimir e-mail aumentar a fonte diminuir a fonte
Publicado em 3 de Janeiro de 2018 às 09:13
Em novo estatuto, banco impõe teto de gastos para o Saúde Caixa

A direção da Caixa tem divulgado, inclusive no site oficial do banco, o novo estatuto da instituição. Um dos pontos prejudiciais aos trabalhadores é apresentado no quarto parágrafo do capítulo VIII: “a participação da CEF no custeio dos benefícios de assistência à saúde será limitada ao percentual de 6,5% (seis e meio por cento) das folhas de pagamento e proventos”.

 

“Além de impor um teto de 6,5% em relação à folha de pagamento, da ativa e aposentados, o modelo de custeio imposto no novo estatuto leva em consideração no cálculo do teto os gastos fiscais e administrativos, que no modelo atual são de responsabilidade exclusiva da Caixa”, explica o diretor do Sindicato de São Paulo e coordenador da CEE/Caixa, Dionísio Reis.

 

“Pela redação do estatuto, ao estourar o teto de 6,5%, o novo modelo de custeio vai impactar em maiores custos ao trabalhador a partir de 2020. Lembro que o atual modelo de custeio, sem teto, no qual a Caixa é responsável por 70% de todo o custo em assistência à saúde, está previsto no Acordo Aditivo dos empregados. Impor o teto de maneira unilateral é desrespeitar o processo negocial e o compromisso assumido pela própria direção da Caixa”, acrescenta.

 

O dirigente destaca também que enquanto debatia em mesa de negociação a possibilidade de promover a alteração do modelo de custeio do Saúde Caixa, a direção do banco não deu garantia de emprego e negou outros pontos essenciais aos trabalhadores como, por exemplo, a incorporação de função. Por isso, os representantes dos empregados não tiveram dúvidas em dizer não à intransigência do banco.

 

Dionísio enfatiza ainda que a defesa do Saúde Caixa é um dentre muitos pontos que exigem forte mobilização dos empregados em 2018. “O Sindicato vai estudar todas as medidas cabíveis para barrar este ataque ao Saúde Caixa. Porém, a medida mais efetiva é unir todos os empregados e empregadas da Caixa, junto ao Sindicato, nas mobilizações em defesa dos nossos direitos, empregos, da Caixa 100% pública e da sua função social. Só a luta te garante”, conclama.

 

Modelo atual – Pelas regras atuais do Saúde Caixa, o banco arca com 70% do seu custeio, e os empregados, 30%. A porcentagem relativa aos trabalhadores é mantida por meio de 2% do valor do salário, mais 20% de coparticipação nos procedimentos médicos, limitado a R$ 2.400. O atual modelo de custeio não discrimina idade, faixa salarial ou se o empregado é aposentado ou da ativa. Todos pagam o mesmo valor.

 

Liminar – Em 26 de janeiro de 2017, a direção da Caixa divulgou comunicado informando aumentos no Saúde Caixa, que entrariam em vigor a partir de 1º de fevereiro. O valor passaria de 2% para 3,46% da remuneração base. Já em relação à coparticipação das despesas assistenciais, o percentual passaria de 20% para 30%, e o valor limite anual subiria de R$ 2.400 para R$ 4.209,05.

 

O aumento foi suspenso por liminar judicial, expedida no âmbito de uma ação impetrada pela Contraf-CUT, Fenae e sindicatos. Nova audiência está marcada para o dia 23 de janeiro. Até lá o reajuste segue suspenso.  

 

Fonte: SEEB/São Paulo

Entre em Contato

Jadir Fragas Garcia

Secretário de Esportes e Lazer

Moisés Graciliano Arguello

Secretário de Finanças

Walter Ribeiro Castro

Conselho Fiscal

Gilmar Antônio Gomes de Carvalho

Suplente do Conselho Fiscal

Coelho - João Manoel Andrade Coelho

Suplente do Conselho Fiscal

Ricardo Inácio Maciel

Suplente do Conselho Fiscal

Arilson Pedro Aranda

Suplente da Diretoria Administrativa

Donete Silvério de Souza

Suplente da Diretoria Administrativa

Marileda Ourives de Souza

Suplente da Diretoria Administrativa

Elizabet Lousada Felipe

Diretores Zonais

Valdecy Martins de Souza

Diretores Zonais

Calvino Braga de Araújo Júnior

Suplente da Diretoria Zonal

Ricardo Hofstadler Leonardo

Suplente da Diretoria Zonal

Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região de Mato Grosso do Sul - Rua Barão do Rio Branco, 2652 - Jardim dos Estados

Campo Grande-MS - Telefone: 67 3312-6100 / Fax: 67 3312-6116