23 de Maio de 2019 às 09:34

Sindicato se mobiliza contra ações do Santander que desrespeitam legislação e convenção coletiva

Santander

Com a desculpa de oferecer orientações sobre educação financeira e combater endividamento das famílias, o Santander tem convocado os bancários a trabalharem de forma “voluntária” aos sábados. O Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região tem se mobilizado contra esta atitude do banco espanhol e busca manter os avanços historicamente conquistados pela classe trabalhadora.

A medida é um retrocesso nas lutas dos bancários, pois a cláusula 8ª da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) da categoria garante o descanso remunerado aos sábados. Além de violar o artigo 224 da CLT, que exclui o sábado da jornada de trabalho bancário, e a Lei nº 4.178 de 1962, que estabelece que os estabelecimentos de crédito não funcionarão aos sábados, em expediente externo ou interno.

Para a secretária de Finanças e presidente eleita do SEEBCG-MS, Neide Rodrigues, além de ir contra a legislação atual e a convenção, essa atitude do Santander também pode dar brecha para que outros bancos também comecem a abrir aos sábados.

“Se o bancário sofrer algum tipo de acidente de trabalho, por exemplo, o banco se isentará de qualquer tipo de responsabilidade, porque o bancário está como voluntário. Além disso, os trabalhadores estão tendo que assinar documentos comprovando que estão lá por livre e espontânea vontade, isso é preocupante, pois esses empregados podem se sentir coagidos a aceitar o trabalho aos sábados para que não seja prejudicado depois”, afirmou.

Ainda segundo Neide Rodrigues, há um projeto de lei tramitando no Congresso Nacional que autoriza a abertura dos bancos aos sábados e domingos e, por isso, o sindicato já está atuando juridicamente e politicamente para que esse projeto não seja aprovado.

“Precisamos defender este trabalhador, sábado não é dia de trabalho bancário, essa atitude que o Santander vem tomando antecipa um Projeto de Lei que já vem correndo no Congresso. Mas o sindicato já está tomando medidas jurídicas para defender a categoria, estamos também fazendo reuniões nas agências, orientando todos os trabalhadores sobre seus direitos”, destacou.

Nas reuniões com os bancários do Santander, os diretores do sindicato têm entregado material informativo sobre esse desrespeito do banco. (Clique aqui e leia o informativo)

Segurança

Outra medida do Santander que também tem alarmado os trabalhadores é sobre a retirada de portas giratórias de algumas agências de Campo Grande. A utilização de portas giratórias com detectores de metais é extremamente importante, pois auxilia na redução de assaltos e crimes, como também faz parte da proteção da vida de bancários, vigilantes e clientes de uma agência.

De acordo com a secretária de Finanças, há uma lei que garante a obrigatoriedade da instalação de portas giratórias em todas as agências financeiras e, em pelo menos 5 agências de Campo Grande estão sendo estudadas para operar sem as portas giratórias.

“Estamos contando com o apoio do sindicato dos vigilantes para que isso não aconteça. A porta giratória com detector de metais é essencial para a segurança das pessoas dentro de uma agência. Recentemente aconteceu uma situação no interior do estado onde um bancário foi agredido por um cliente, imagine se esse cliente estivesse armado e não houvesse um detector de metais que impedisse a sua entrada. Não podemos deixar isso acontecer e, por isso, já estamos tomando medidas para impedir esse retrocesso também”, pontuou.

Por: Daiana Porto/Assessoria de Comunicação do SEEBCG-MS

Convênios saiba +

Clube de campo saiba +

Jogos/ Resultadossaiba +

Entre em contato

  • Marcelo Francisco Assis

    Marcelo Francisco Assis

    Conselho Fiscal

  • Vicente Cléber Ayres Rodrigues

    Vicente Cléber Ayres Rodrigues

    Suplente da Diretoria Administrativa

  • Carlos Alberto Victoriano

    Carlos Alberto Victoriano

    Suplente da Diretoria Administrativa

  • José Carlos Rodrigues

    José Carlos Rodrigues

    Suplente da Diretoria Administrativa

  • Darlan Graça da Cruz

    Darlan Graça da Cruz

    Suplente da Diretoria Administrativa

  • Joanna Naara Torres

    Joanna Naara Torres

    Suplente da Diretoria Zonal

Parceiros